AÇORESMADEIRAALENTEJOALGARVEBEIRA INTERIORBEIRA LITORALMINHORIBATEJOESTREMADURATRÁS OS MONTES

  Googl 

Busca Mundial Busca  Portugalweb.net

INDEX

APENDICE:

ALDEIAS

FOTOS

MAPAS

TEMPLÁRIOS

MONUMENTOS NACIONAIS

GLOSSÁRIO

FORTES E FORTALEZAS:

S. João Baptista

S.Neutel

Forte de Crismina

S.Francisco

Forte de Santa Catarina

Fortaleza Ponta da Bandeira

Torre da Medronheira

Fortaleza de Nossa Senhora da Luz

Portugal no mundo:

FORTES E FORTALEZAS

Fortalezas de Portugal

CASTELOS DO MUNDO

BRASIL

 Discover the castles of the Algarve
THE LIBRARY OF IBERIAN

RESOURCES ONLINE

A SOCIETY ORGANIZED FOR WAR
 

  MY CASTLE  WEB RING


pordata

BRASIL500

Casa para férias na Guarda

 

 
 

CASTELO DE ODEMIRA

Antecedentes

Embora as informações a seu respeito sejam escassas, acredita-se que a primitiva ocupação de seu sítio remonta a um "oppidum" romano, posteriormente ocupado por Visigodos e por Muçulmanos, que terão erguido uma fortificação.

 

   

O castelo medieval

À época da Reconquista cristã da península Ibérica, a povoação terá sido tomada aos mouros em 1166, pelas forças de D. Afonso Henriques (1112-1185).Sob o reinado de D. Afonso III (1248-1279), a vila recebeu Carta de Foral (1256), procedendo-se a reconstrução de sua defesa (1265).

Quando do reinado de D. Dinis os domínios da povoação e seu castelo foram doados ao bispo do Porto (1319). Data deste período a construção de uma nova cerca para a vila. Ainda em seu reinado, ou no de seu filho e sucessor, D. Afonso IV (1325-1357), os domínios da vila e seu termo foram doados ao almirante genovês Manuel Pessanha (Emmanuele di Pezagna) e seus descendentes. Este navegador, contratado por D. Dinis como almirante para organizar a marinha portuguesa e combater a pirataria, foi o autor da primeira viagem documentada às ilhas Canárias a mando da Coroa portuguesa (1341).

D. Manuel I deu Foral Novo à povoação em 1510.

A vila foi alçada à condição de condado sob o reinado de D. Duarte (1433-1438), sendo 1° conde de Odemira, D. Sancho de Noronha, casado com D. Mécia de Sousa. Este privilégio manteve-se na família até ao reinado de D. João IV (1640-1656), quando estes domínios foram doados a D. Francisco de Faro e Noronha.

Posteriormente, D. Pedro II (1667-1706), doou estes domínios ao 1° duque do Cadaval.

Os nossos dias

Restam poucos vestígios do castelo e da muralha da vila medievais, além do troço mais visível, onde assenta a Biblioteca Municipal. Esses remanescentes encontram-se atualmente Em Vias de Classificação pelo poder público português.

 

 

 

 

Casa para férias na Guarda

 

Casa para férias na Guarda

 
     CASTELOS NO MUNDO
  

Setubal   Guarda   Almada    Castelos  Seia  Seixal    Sesimbra  Palmela  Arqueologia   Historia        Portugal no mundo

intercâmbio  ttt   Contactos    Publicidade

Copyright © swspt.

 

 


Buy Direct Text Link Ads at Direct-Link-Ads