Voltar à pagina inicial
ааааааа Busca Mundial Busca Portugalweb.net
ааааааа Busca Mundial Busca Portugalweb.net
Uniformes
Uniformes
ллллллллллллл













 
Infantaria e Artilharia - 1806 a 1814 (2ª Parte)

ORGANIZAÇÃO

INFANTARIA

A organização das unidades de infantaria, então em vigor, era a estabelecida pelo Decreto de 1 de Agostos de 1796 e que sofreu alterações de fundo durante a Guerra peninsular em 19 de Maio de 1806 e em 13 de Julho de 1808.

DECRETO DE 1 DE AGOSTO DE 1796

COMPOSIÇÃO DE UM REGIMENTO DE INFANTARIA DE LINHA A UM BATALHÃO

ESTADO-MAIOR:
1 Coronel; 1 Tenente-Coronel; 1 Sargento-Mor (mais tarde Major); 2 Ajudantes; 1 Quartel-Mestre; 1 Secretário; 1 Capelão; 1 Cirurgião-Mor; 5 Ajudantes de Cirurgião; 1 Coronheiro; 1 Espingardeiro; 1 Tambor-Mor e 1 Preboste. TOTAL: 18 HOMENS.

1.ª COMPANHIA DE FUZILEIROS (homens armados de fuzil):
1 Capitão; 1 Tenente; 1 Alferes; 2 Sargentos; 1 Furriel; 1 Porta-Bandeira; 5 Cabos; 2 Tambores; 2 Pífanos; 78 Anspeçadas e Soldados. TOTAL 94 HOMENS.

2.ª COMPANHIA: TOTAL 92 HOMENS, por não terem Pífanos.

3.ª COMPANHIA: TOTAL 91 HOMENS, por não terem Pífanos, nem Porta-Bandeira.

4.ª, 5.ª, 6.ª, 7.ª e 8.ª COMPANHIAS: TOTAL 455 HOMENS, por terem a composição
igual à 3.ª Companhia.

COMPANHIA DE GRANADEIROS: TOTAL 97 HOMENS, composição igual à 3.ª
Companhia, tendo mais 6 Porta-Machados.

COMPANHIA DE CAÇADORES: TOTAL DE 91 HOMENS, por terem a mesma
Composição da 3.ª Companhia.

Recapitulação da força de cada Regimento de Infantaria: 938 militares.

O regimento de Infantaria de Lippe (depois Infantaria n.º 1) era o único que, nessa época, tinha dois batalhões a cinco companhias cada, com maior número de efectivos por companhia.

DECRETO DE 19 DE MAIO DE 1806

Este Decreto teve como objectivo reorganizar o Exército e ao mesmo tempo modernizá-lo, no que concerne aos efectivos. A composição dos regimentos em nada foi alterada.

O Exército, foi pela primeira vez organizado, mesmo em tempo de paz, em Divisões e Brigadas e os Corpos das diversas Armas numerados, devendo tal numeração regular de futuro o seu lugar constante na linha. Até então esses lugares eram determinados pela graduação e antiguidade dos chefes que os comandavam.

Os regimentos até essa altura eram conhecidos ou pelo nome do seu comandante ou pelo nome da localidade onde tivessem os seus quartéis permanentes.

DENOMINAÇÃO DOS REGIMENTOS DE INFANTARIA
Pré-1806
Pós - 1806
Lippe
Nº1
Lagos
Nº2
Primeiro de Olivença
Nº3
Freire
Nº4
Primeiro de Elvas
Nº5
Primeiro do Porto
Nº6
Setúbal
Nº7
Castelo de Vide
Nº8
Viana
Nº9
Lisboa
Nº10
Penamacor
Nº11
Chaves
Nº12
Peniche
Nº13
Tavira
Nº14
Segundo de Olivença
Nº15
Vieira Telles
Nº16
Segundo de Elvas
Nº17
Segundo do Porto
Nº18
Cascais
Nº19
Campo Maior
Nº20
Valença
Nº21
Serpa
Nº22
Almeida
Nº23
Bragança
Nº24


BRIGADAS DE INFANTARIA 1806
Divisão Norte (Cor distintiva: Amarelo - forro e vivos)
Nº da Brigada
Nº dos Regimentos
1
3 - 15
2
6 - 18
3
9 - 2
4
12 -24
Divisão Centro (Cor distintiva: Branco - forro e vivos)
Nº da Brigada
Nº dos Regimentos
1
1 - 13
2
4 - 16
3
7 - 19
4
10 - 22
Divisão Sul (Cor distintiva: Vermelho - forro e vivos)
Nº da Brigada
Nº dos Regimentos
1
2 - 14
2
5 - 17
3
8 - 20
4
11 - 23

Nota:
Por estes quadros podem-se ver as cores dos vivos e dos forros dos uniformes.


ORDENS, INSTRUÇÕES E PLANO PARA A
ORGANIZAÇÃO DO EXERCITO
DE
13 DE JULHO DE 1808

Os regimentos de infantaria de linha, devido à guerra, foram aumentados a um total de 1659 homens, no seu estado completo, sendo compostos por dois batalhões a cinco companhias cada, sendo uma de Granadeiros e quatro de Fuzileiros. As companhias de Caçadores, como fazendo parte integrante dos regimentos de infantaria, foram extintas.


EDITAL PARA A ORGANIZAÇÃO DO EXÉRCITO
DE
30 DE SETEMBRO DE 1808

"Achando-se felizmente restaurado o Governo de S. A. R. o PRÍNCIPE REGENTE (…) Como medida indispensável para se proceder à sobredita organização, que se formem todos os corpos de infantaria nos seguintes lugares:

RELAÇÃO DOS LUGARES ONDE SE DEVEM REUNIR OS CORPOS DE INFANTARIA
Regimento nº
Localidade
1, 4,10, 13 e 16
Lisboa
5, 17 e 22
Elvas
6 e 18
Porto
7
Setúbal
19
Cascais
3
Estremoz
8
Castelo de Vide
15
Vila Viçosa
20
Campo Maior
2
Lagos
14
Tavira
11
Viseu
23
Almeida
9
Viana
21
Valença
12
Chaves
24
Bragança

Passado três meses sobre esta organização do Exército, aumentaram-se novamente os efectivos das unidades, dando-lhes assim forma definitiva quase até ao fim da guerra, embora pelo meio houvesse algumas alterações pouco significativas:
(…) Determinamos que os vinte e quatro Regimentos de Infantaria de Linha, que actualmente existem, sejam levados ao pé de mil quinhentas e cinquenta praças (…).

PLANO DE ORGANIZAÇÃO DE UM REGIMENTO DE
INFANTARIA DE LINHA, COMPOSTO DE UM ESTADO-MAIOR E DOIS BATALHÕES, CADA UM COM QUATRO COMPANHIAS DE
FUZILEIROS E UMA DE GRANADEIROS

DECRETO DE 14 DE OUTUBRO DE 1808

COMPOSIÇÃO DE UM REGIMENTO DE INFANTARIA DE LINHA A DOIS BATALHÕES

ESTADO-MAIOR:
1 Coronel; 1 Tenente-Coronel; 2 Majores, 2 Ajudantes; 1 Quartel-Mestre; 2 Porta-
-Bandeiras; 1 Capelão; 1 Cirurgião-Mor; 4 Ajudantes de Cirurgião; 1 Coronheiro;
1 Espingardeiro; 1 Mestre de Música, 8 Músicos; 1 Tambor-Mor; 1 Cabo de Tambores e 2 Pífanos. TOTAL: 30 MILITARES.

COMPANHIA DE GRANADEIROS OU FUZILEIROS:
1 Capitão; 1 Tenente; 2 Alferes; 1 Primeiro-Sargento; 2 Segundos-Sargentos;
1 Furriel; 8 Cabos; 8 Anspeçadas; 2 Tambores e 126 Soldados. TOTAL:
152 HOMENS.

RECAPITULAÇÃO:
Estado-Maior. . . . . . . . . . . . . . 30
Primeiro Batalhão . . . . . . . . . . 760
Segundo Batalhão . . . . . . . . . . 760
Total - - - - 1550



<<<Página anterior
Página Seguinte >>>

 


 

Viriatus é uma marca registada da Arte Vila - 2001 todos os direitos reservados